politica

Temer perde apoio e Congresso pode rejeitar reformas

23/00/2017

Com grande rejeição popular, Michel Temer se vê agora perdendo o apoio da Rede Globo e de vários deputados e senadores que o ajudaram a dar o golpe que derrubou a presidente eleita Dilma Rousseff. De olho nas eleições de 2018, muitos parlamentares não querem ver seus nomes envolvidos com a aprovação das reformas trabalhista e previdenciária, que destroem a CLT e o sonho da aposentadoria. Outro fato constrangedor para que o Congresso aprove a Reforma da Previdência é que empresas de deputados e senadores devem R$ 372 milhões ao INSS. Edição 34 - Pág. 4 e 5

Mais Sobre Internacional
Edição 33 - 02/06/2017
Anúncio
Edições Impressas
Edição 33 - 02/06/2017
Edição 34 - 23/06/2017
Edição 35 - 07/07/2017
Edição 36 - 21/07/2017
Edição 37 - 04/08/2017
Edição 1 - 18/12/2015
Edição 0 - 4/12/2015