politica

Ca entre nós...

21/00/2017

Com base em afirmações amplamente noticiadas até por jornais como Folha de São Paulo e O Globo, cabe uma reflexão:

Se a perícia concluiu Dilma Rousseff não cometeu crime de responsabilidade, nem pedaladas,

Se o ministro do TCU, Augusto Nardes – que inventou as pedaladas para incriminar Dilma – foi acusado na Lava Jato de ter recebido R$ 1 milhão,

Se Michel Temer confessou que o impeachment foi porque Dilma não aceitou a tal "Ponte para o futuro",

Se o senador Romero Jucá confessou que era para "estancar a sangria", 

Se o Odebrecht pagou deputados para aprovar o impeachment,

Se o Joesley Batista também pagou deputados pelo impeachment, 

Se o ex-deputado Eduardo Cunha se elegeu comprando deputados,

E que Cunha travou o governo Dilma para fazê-la cair,

E que agora Cunha está delatando todos os deputados que receberam dinheiro para aprovar o impeachment,

E que Dilma foi inocentada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral),

Falta mais o quê para o STF mandar prender todos os deputados que receberam propina e anular este golpe?

Por tudo isso, Chico Buarque agitou as redes sociais no dia 17 de julho ao aderir à campanha pela a anulação do golpe no STF.

Mais Sobre Internacional
Edição 33 - 02/06/2017
Anúncio
Edições Impressas
Edição 33 - 02/06/2017
Edição 34 - 23/06/2017
Edição 35 - 07/07/2017
Edição 36 - 21/07/2017
Edição 37 - 04/08/2017
Edição 1 - 18/12/2015
Edição 0 - 4/12/2015