politica

Petroleiras estrangeiras embolsam mesmo valor que reforma da Previdência “economizaria”

artigo | 16/04/2019 | Emanuel Cancella

Bolsonaro, que votou pela reforma trabalhista de Temer, tirando direitos trabalhistas contidos na CLT (5), agora combate o emprego: “Não haverá concurso público em 2020” (3)!

 

E ainda quer fazer a reforma previdenciária, o que, na prática vai tornar a aposentadoria uma tarefa quase impossível. Pois com tanto desemprego como o brasileiro vai conseguir contribuir 40 anos, além de ter 62 anos a mulher e 65 anos o homem?

 

Hoje, o Brasil tem mais de 13 milhões de desempregados, ou seja, não estão contribuindo para a Previdência, então quando essas pessoas vão se aposentar? E tem mais, além do tempo para aposentadoria, inalcançável, os valores das aposentadorias vão cair drasticamente.

 

Paulo Guedes quer conseguir um trilhão de reais na Previdência, como já foi dito, tirando dos pobres (1).  

 

Aliás, foi um trilhão que ganharam as petroleiras estrangeiras com a lei de MiShell  Temer em isenção de impostos, a mais favorecida foi a Shell (4).

 

Na ocasião, a Lava Jato não falou nada, o que dá margem de as pessoas acharem  que o contrato que a mulher de Moro, Rosângela Moro, tem com a Shell seria o preço do silêncio (2).  

 

Fonte:

1 - https://oglobo.globo.com/economia/guedes-sem-economia-de-1-trilhao-com-reforma-capitalizacao-nao-sera-possivel-23519264

2 - https://www.conversaafiada.com.br/brasil/2014/12/06/mulher-de-moro-trabalha-para-o-psdb

3 - https://falandoverdades.com.br/bolsonaro-determina-que-nao-havera-concursos-publicos-em-2020/

4 - https://horadopovo.org.br/temer-sansiona-lei-que-da-r-1-trilhao-de-presente-para-as-multis-no-petroleo/

5 - https://falandoverdades.com.br/bolsonaro-vota-a-favor-de-temer/ 

Autor: Emanuel Cancella, OAB/RJ 75.300, ex-presidente do Sindipetro-RJ, fundador e ex- diretor do Comando Nacional dos Petroleiros, da FUP e fundador e coordenador da FNP , ex-diretor Sindical e Nacional do Dieese.

Enviado para possível publicação para o Globo, JB, o Dia, Folha, Estadão, Veja, Época entre outros órgãos de comunicação.

 

 

Em tempo: O meu livro A outra face de Sergio Moro está à venda no Mercado Livre, cuja renda é integralmente para os demitidos da indústria naval: https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-1163280532-livro-a-outra-face-de-sergio-moro-_JM?quantity=1.

 

 

Mais Sobre politica