politica

Atentado a acampamento pró Lula em Curitiba fere duas pessoas

noticia | 28/04/2018 | Da Redação

Foto de Gibran Mendes: O acampamento Marisa Leticia, no bairro Santa Cândida em Curitiba, foi alvo de ataque a tiros na madrugada deste sábado (28). Duas pessoas ficaram feridas e uma delas está hospitalizada.

 

Na madrugada deste sábado (28/4), o acampamento Marisa Letícia, localizado na rua Padre João Wislinski, 260, no bairro Santa Cândida, em Curitiba (PR), onde dormem integrantes da vigília Lula Livre, foi atacado a tiros por volta das quatro horas da madrugada. 

 

O atentado feriu duas pessoas foram, uma delas está hospitalizada. Jeferson Lima de Menezes, de São Paulo, foi prontamente encaminhado ao hospital com um tiro no pescoço.  

 

A autoria do ataque a tiros ainda não foi identificada até o momento. A polícia está neste momento fazendo os registros necessários. 

 

A informação de pessoas que estavam no acampamento aponta que havia movimentação de pessoas passando em frente ao local e gritando palavras de ordem a Jair Bolsonaro. 

 

Há imagens de atiradores gritando “Bolsonaro 2018” antes do atentado. Edson, que administra a página “Nova Militância Brasil”, disse que resolveu fazer as imagens diante das ameaças durante o dia de ontem. As imagens foram entregues a investigadores da Polícia Civil.

 

 

“Durante toda a noite fomos atacados verbalmente por seguidores de Bolsonaro, sendo um que chegou a sacar a arma e afirmou que “vou voltar, matar esses vagabundos”. Passavam gritando “Bolsonaro 2018″ acompanhado de outras ofensas”, relata a página.

 

A vigília Lula Livre divulgou a seguinte nota: 

 

A vigília Lula Livre e as diversas organizações que a integram repudiam de forma veemente o ataque a tiros contra o acampamento Marisa Letícia, ocorrido na madrugada de hoje (28) e que resultou em duas pessoas feridas, uma delas de forma grave, com um tiro no pescoço. 

 

A sorte de não ter havido vítimas fatais não diminui o fato da tentativa de homicídio, motivada pelo ódio e provocação de quem não aceita que a vigília é pacífica, alcança três semanas e vai receber um Primeiro de Maio com presença massiva em Curitiba. Não nos intimidarão! 

 

No fundo, é uma crônica anunciada. Desde o dia quando houve a mudança de local de acampamento (17), cumprindo demanda judicial, integrantes do movimento social haviam sido atacados na região. Desde aquele momento, a coordenação da vigília já exigia policiamento e apoio de viaturas, como foi inclusive sinalizado nos acordos para mudança no local do acampamento. 

 

“Nós desmanchamos o acampamento cumprindo ordem oficial. Fizemos a opção de ir para um terreno e seria garantida a segurança. Agora o que cobramos da Secretaria de Segurança Pública é investigação, que identifique o atirador”, enfatiza Dr Rosinha, presidente do PT estadual e integrante da coordenação da vigília. 

 

Seguiremos com nossas atividades, lutas, programação e debates da vigília. A cada dia vai se tornando cada vez mais impressionante como, mesmo preso, a figura do ex-presidente Lula, a força moral que ganha, as denúncias contra a injustiça de sua prisão, tudo isso causa desespero nos seus algozes. 

 

Por isso, estamos no caminho certo e venceremos! Em repúdio contra a violência, realizamos o trancamento da rua na região e seguiremos lutando. 

 

Convocamos a sociedade e as pessoas que prezam pela democracia, pelo livre direito à expressão, pela diversidade de vozes na política, que somem-se a nós na vigília. Não aceitaremos tentativas de retrocesso que já nos custaram muitas lutas e vidas. 

 

Vigília Lula Livre, 28 de abril de 2018.

Mais Sobre politica
  • politica
    Brasil vive tempo de definição entre democracia e golpismo

    Ao mesmo tempo em que a Procuradora Geral da República, Raquel Dodge, contesta a candidatura de Luís Inácio Lula da Silva, chegou a vez de nada mais nada menos que o candidato de extrema direita Jair Bolsonaro fazer o mesmo. Iss...

    Brasil vive tempo de definição entre democracia e golpismo
    Saiba Mais
  • politica
    Procuradora golpista quer mudar a lei eleitoral só para Lula

    Desesperada para evita a candidatura de Lula e tirá-lo rapidamente da cena eleitoral, a PGR (procuradora-“golpista” da República), Raquel Dodge, entrou nesta quinta-feira (16) com um novo pedido no processo de registro de Lu...

    Procuradora golpista quer mudar a lei eleitoral só para Lula
    Saiba Mais
  • politica
    Resistência petista popular

    Lula deu certo, porque jogou na lata de lixo a rigidez neoliberal do Consenso de Washington. Transformou dívida externa em dívida interna, mandando o FMI tomar banho na soda. Criou espaço para administrar o país, sem a c...

    Resistência petista popular
    Saiba Mais
  • politica
    Escândalo no registro do Lula: relator Barroso devolve processo a Rosa Weber

    O processo de Lula não tinha sequer sido numerado, quando a Globo anuncia depois das 20 horas de ontem quem o relator do caso seria o ministro “durão”, como frisou o repórter, Luis Roberto Barroso. Ato imediato, a pro...

    Escândalo no registro do Lula: relator Barroso devolve processo a Rosa Weber
    Saiba Mais