politica

TSE nega pedido de inelegibilidade antecipada de Lula

noticia | 18/07/2018 | Da Redação, com lula.com.br

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) arquivou o pedido de “inelegibilidade imediata” de Lula, para que ele fosse impedido de registrar sua candidatura. A ação foi protocolada pelo grupo de ativistas de extrema-direita, Movimento Brasil Livre. A decisão favorável ao líder de todas as pesquisas eleitorais foi tomada nesta quarta-feira (18/7), por Rosa Weber, vice-presidente do TSE, que está de plantão até sexta (20).

 

Para o advogado do PT, Luiz Fernando Pereira, a ação do grupo é meramente midiática e foi proposta para “buscar likes nas redes sociais”. O advogado argumenta que o TSE “não aceita e nunca aceitou” que a discussão sobre as condições de elegibilidade seja antecipada. Além disso, só é possível cogitar a impugnação de registro de quem tenha formalizado o pedido de registro de candidatura, que pode ser feito até dia 15 de agosto.

Mais Sobre politica