politica

Pobreza cresce no Brasil e até rico é atingido

noticia | 27/04/2018 | Fundação Perseu Abramo

Os dados de 2017 da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNADC) mostram que houve um empobrecimento geral da população brasileira em relação a 2016 e comprova que a política econômica e social do governo golpista tem sido negativa para a população.

Os dados da pesquisa mostram que de 2016 para 2017 caiu a participação da renda de todos os trabalhos na composição da renda das famílias em um p.p., de 74,8% para 73,8%. Caiu também a renda média dos brasileiros e o rendimento médio real domiciliar de um ano para o outro.

Na decomposição regional, fica mais claro que a queda do rendimento e da renda foi puxada pela região Sudeste. Também foi o Sudeste a região responsável pela estabilidade do coeficiente de Gini, que usualmente mede a desigualdade: em todas as regiões o Gini aumentou (indicando um aumento da desigualdade), enquanto no Sudeste ele caiu pela perda de renda também dos mais ricos. O índice ficou estável de 2016 para 2017, em 0,549.

Assim, como a renda dos mais ricos também caiu em 2017, apesar da ampliação da pobreza, a desigualdade não aumentou em 2017, porque todos ficamos mais pobres de maneira geral.

Mais Sobre politica