politica

Brasil se mobiliza em defesa da Constituição

noticia | 02/04/2018 | Da Redação, com CUT

Há manifestações marcadas para todo o país, no dia 4 de abril. Em Brasília, a concentração deve começar às 12h, nos fundos do Teatro Nacional, rumo à Praça dos Três Poderes.

Na próxima quarta-feira (4), quando o Supremo Tribunal Federal (STF) vai votar o pedido de habeas corpus (HC) de Lula, atos em defesa da inocência e da liberdade do ex-presidente ocorrerão em diversas cidades do Brasil. Em São Bernardo do Campo, em frente ao prédio onde Lula mora, militantes organizam uma vigília nesta terça-feira (3), a partir das 14h. 

 

Em Brasília, na capital federal, a militância da CUT e de movimentos populares se concentrará a partir das 12h, na Esplanada dos Ministérios, na Praça dos Três Poderes.

Os ruralistas marcaram ato para a mesma data contra o pagamento retroativo da taxa do Fundo de Apoio ao Trabalhador Rural (Funrural), julgada constitucional pelo STF no ano passado. Eles pretendem reunir 5 mil pessoas em frente ao Congresso Nacional e parte dos produtores rurais quer chegar a cavalo ou até mesmo com tratores em Brasília.

 

Lula é inocente


Para a CUT e os movimentos populares, assim como para centenas de juristas, Lula é inocente e não há nenhuma prova para sustentar as acusações baseadas em convicções do juiz Sérgio Moro e de outros setores do judiciário que adotaram clara postura partidária durante todo o processo.

 

“A condenação do ex-presidente Lula é política, sem nenhuma prova. O presidente é inocente e todos sabem disso. Eles só querem impedir Lula de se candidatar nas eleições deste ano", afirma o presidente da CUT, Vagner Freitas.

 

Em São Paulo e Salvador, a CUT, junto aos demais movimentos populares e partidos políticos que compõem a Frente Brasil Popular (FBP), realizará panfletagens que sairão dos bairros periféricos até os centros comerciais.

 

As ações têm o objetivo de dialogar com a população para fazer chegar a verdade sobre o julgamento político de Lula. Os movimentos populares e as lideranças políticas irão esclarecer, por meio do contato direto com o povo, que Lula não é o verdadeiro dono do tríplex, como a versão da grande imprensa e de setores do judiciário tenta vender.

 

Nos demais estados, atos públicos estão agendados para o período da tarde, após o resultado do julgamento no STF.

 

Confira outros atos, panfletagens e vigílias marcados para o próximo dia 4 em todo o Brasil (em atualização):

 

BRASÍLIA
03/03 (terça-feira)
19h – vigília na Catedral de Brasília
04/04 (quarta-feira)
12h - Esplanada dos Ministérios, na Praça dos Três Poderes

BAHIA
Salvador 
02/04 (segunda-feira)
Mini-trioelétrico #LulaLivre
Locais: Centro, Subúrbio, Cajazeiras. Caminhão de som da CUT percorrerá o centro de Salvador e também terá panfletagens na Lapa, Iguatemi, Estação Mussurunga e Acesso Norte

03/04 (terça-feira) 
Carreata #LulaLivre
16h - concentração Vale do Canela, com caminhada pelo Vale do Canela até o Subúrbio, com encerramento na Praça da Revolução (Periperi) com ato político cultural. Panfletagens na Lapa, Iguatemi, Estação Mussurunga e Acesso Norte

04/04 (quarta-feira) 
Ato Político #LulaLivre
13h – concentração Fórum Rui Barbosa (Campo da Pólvora)
Pela manhã, haverá ato do Sindicato dos Advogados com saída da OAB até o Fórum Rui Barbosa e ato da APUB saindo da UFBA até o Fórum.

 

CEARÁ
Fortaleza
15h – Praça da Bandeira (centro)

Cariri
10h - Praça Siqueira Campos (centro do Crato)

 

MATO GROSSO DO SUL 
Campo Grande 
16h – esquina da Rua 14 de julho com a Rua Afonso Pena (centro)

 

MINAS GERAIS 
Belo Horizonte
03/03 (terça-feira)
17h - Praça Afonso Arinos Vigília Democrática Lula Livre

04/04 (quarta-feira) 
17h - Praça Afonso Arinos Ato pela Democracia e #LulaLivre 

 

PARÁ
Belém 
15h – Praça da República, ao lado do bar do Parque

 

PERNAMBUCO
Recife 
14h - Câmara de Vereadores do Recife

 

PIAUÍ
Teresina 
7h - Av. Miguel Rosa, próximo ao HUT, em frente ao Tribunal de Justiça

 

RIO GRANDE DO SUL
Porto Alegre
12h – Vigília – Esquina Democrática 
17h30 – Ato político

 

SÃO PAULO
Capital
03/04 (terça-feira)
Panfletagens e diálogo com a população

Itaquera
7h - centro de Itaquera

Artur Alvim
18h – em frente estação de metrô

Guaianazes
18h – em frente estação CPTM Guaianases 

Itaim/São Miguel 
5h – em frente estação CPTM Itaim Paulista

Cidade Tiradentes
17h - em frente ao terminal de ônibus (próximo ao supermercado Extra)

São Mateus 
11h – Av. Mateo Bei em frente à loja Marisa 
Sapopemba
17h – Largo do Grimaldi

Vila Matilde
19h – Metrô Vila Matilde

Penha 
6h30 - Metrô Patriarca

Vila Prudente 
7h - Terminal Vila Prudente

Tatuapé 
Metrô Tatuapé (esquina do estacionamento na rua Tuiuti) 

Mooca
6h - Estação de trem CPTM 

Zona Sul – Capela do Socorro
16h - Largo do Socorro 

Jabaquara - Comitê Paulista
17h - Metro Jabaquara

Freguesia do Ó/Brasilândia/Casa Verde/Pirituba 
7h/17h30 - Terminal Vila Nova Cachoeirinha

Centro 
17h - Praça da República (em frente ao Caetano de Campos) 

Butantã 
17h - em frente ao Metro

Perus
16h30 – em frente estação da CPTM

Saúde/Ipiranga
17h - Terminal Sacomã

04/04 (quarta- feira)
LESTE 1 e 2 
14h - Metro Itaquera - Atividade com carro de som

Freguesia do Ó/Brasilândia/Casa Verde/Pirituba 
7h - Terminal Vila Nova Cachoeirinha

Vila Prudente 
Pela manhã marcha e caminhada pela Comunidade da Prosperidade, Vila Califórnia, Vila Alpina e Vila Prudente.

Mooca
6h - Estação de trem CPTM

Registro 
16h - concentração na Praça do Skate da Beira Rio

Ribeirão Preto
17h - Esplanada do Pedro II, no calçadão central da cidade

São Bernardo do Campo 
03/04 (terça-feira)
5h - panfletagem nos terminais de ônibus
14h - Vigília em frente ao prédio do ex-presidente Lula. Concentração na Rua Tapajós, 3 (próximo ao terminal de trólebus São Bernardo)

04/04 (quarta-feira)
9h - Plenária no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC - Rua João Basso, 300

São Caetano do Sul 
16h - Rua Municipal esquina com Rua Heloísa Pamplona

Sorocaba 
7h - panfletagem pela região central da cidade

 

Mais Sobre politica
  • politica
    Igreja sem partido, Igreja com princípios

    Tenho muito orgulho da Igreja Católica. Com ela guardo vínculos inquebrantáveis. Ela orienta a minha fé e os fundamentos do meu comportamento cristão. Longe de qualquer fundamentalismo. Fui integrante da JEC e da J...

    Igreja sem partido, Igreja com princípios
    Saiba Mais
  • politica
    O Dia Seguinte

    “Não se pode olhar para a política pelo velho espectro da esquerda e direita”, (Marine Le Pen, Paris, 19 de março 2018)   Como será o Brasil de 2019?   Será que os eleitores de ambos candid...

    O Dia Seguinte
    Saiba Mais
  • politica
    TSE não julga Bolsonaro por denúncia da Folha, mas Moro prendeu Lula com fake news da Globo

    A milionária fraude de manipulação gigantesca do whatsapp, financiada por empresários corruptos com dinheiro de caixa 2, é considerado grave crime eleitoral por 12 de cada 10 juristas eleitorais – mas s&o...

    TSE não julga Bolsonaro por denúncia da Folha, mas Moro prendeu Lula com fake news da Globo
    Saiba Mais
  • politica
    Idec pede investigação sobre campanha eleitoral pelo WhatsApp

    Instituto solicitou abertura de inquérito civil no caso de utilização indevida de dados por empresas durante a campanha eleitoral O Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor) encaminhou representação &agra...

    Idec pede investigação sobre campanha eleitoral pelo WhatsApp
    Saiba Mais