politica

Posse de arma é rejeitado por 61% dos brasileiros

noticia | 01/02/2019 | Da Redação

Uma pesquisa realizada em dezembro pelo Datafolha mostra que 61% dos brasileiros são contrários à liberação da posse de armas de fogo. Mesmo assim o presidente Jair Bolsonaro assinou o decreto que praticamente libera a posse de armas no país.

O texto permite que o cidadão compre até quatro armas de fogo, mas permite que o número seja ainda maior, pois o decreto abre a possibilidade da "aquisição de armas de fogo de uso permitido em quantidade superior a esse limite" (parágrafo 8º do artigo 12). A validade do registro passa dos atuais 5 anos para 10 anos.

O direito à posse é a autorização para manter uma arma de fogo em casa ou no local de trabalho, desde que o dono da arma seja o responsável legal pelo estabelecimento. Para andar com a arma na rua, é preciso ter direito ao porte, que ainda necessita de nova regulação.

Mais Sobre politica
  • politica
    Lembra dos 7 a 1? É muito pior.

    Os 13 milhões de brasileiros, pais, mães, filhos e agregados responsáveis por sustentar suas famílias, continuam desempregados. A economia não cresce e segue sem gerar emprego. O salário mínimo perde p...

    Lembra dos 7 a 1? É muito pior.
    Saiba Mais
  • politica
    Lula desmonta show macabro armado por Toffoli

    Impedir Lula de dar o último adeus a seu irmão mais velho foi a maior demonstração de barbárie política que a turma do poder no Brasil deu até agora. Demonstram como são experientes na sev&iacut...

    Lula desmonta show macabro armado por Toffoli
    Saiba Mais
  • politica
    Bolsonaro destrói salário mínimo e condena aposentado à miséria

    Uma desgraça se anuncia para aporrinhar a vida da população, especialmente a mais pobre: o governo Bolsonaro prepara um arrocho nas regras do salário mínimo e da Previdência Social. De cara ele já corto...

    Bolsonaro destrói salário mínimo e condena aposentado à miséria
    Saiba Mais
  • politica
    Corte de benefícios do INSS pode deixar muita gente miséria

    O ‘pente-fino’ nos benefícios concedidos pelo INSS proposto pela equipe econômica de Jair Bolsonaro, que constam na Medida Provisória 871/19, indica que os direitos de milhares de beneficiários podem sofrer cort...

    Corte de benefícios do INSS pode deixar muita gente miséria
    Saiba Mais