politica

Posse de arma é rejeitado por 61% dos brasileiros

noticia | 01/02/2019 | Da Redação

Uma pesquisa realizada em dezembro pelo Datafolha mostra que 61% dos brasileiros são contrários à liberação da posse de armas de fogo. Mesmo assim o presidente Jair Bolsonaro assinou o decreto que praticamente libera a posse de armas no país.

O texto permite que o cidadão compre até quatro armas de fogo, mas permite que o número seja ainda maior, pois o decreto abre a possibilidade da "aquisição de armas de fogo de uso permitido em quantidade superior a esse limite" (parágrafo 8º do artigo 12). A validade do registro passa dos atuais 5 anos para 10 anos.

O direito à posse é a autorização para manter uma arma de fogo em casa ou no local de trabalho, desde que o dono da arma seja o responsável legal pelo estabelecimento. Para andar com a arma na rua, é preciso ter direito ao porte, que ainda necessita de nova regulação.

Mais Sobre politica