mundo do trabalho

CNBB denuncia ameaça de retrocesso no combate à escravidão

noticia | 01/02/2019 | Da Redação, com RBA

Ao reafirmar que "o valor da vida e da dignidade humana transcende qualquer objetivo econômico", a Pastoral para o Enfrentamento ao Tráfico Humano da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) afirma que é preciso "acompanhar com muita atenção os projetos de lei que volta e meia tentam retroceder na política de combate ao trabalho escravo construída no Brasil sem interrupção desde 1995". A mensagem foi divulgada no Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo (28/2).

 

"A exploração do ser humano, através do trabalho escravo, é um grave desrespeito aos direitos da pessoa humana, à sua dignidade e especialmente uma violação grave ao direito de trabalhar em condições dignas, recebendo um salário justo", diz ainda a nota, assinada pelo bispo de Balsas (MA), Dom Enemésio Lazzaris, presidente da Comissão Episcopal Pastoral Especial para o Enfrentamento ao Tráfico Humano da CNBB.

Mais Sobre mundo do trabalho