politica

Bolsa Família influenciou queda do número de homicídios, aponta Fiocruz

noticia | 01/02/2019 | Da Redação

O programa Bolsa Família, criado pelo ex-presidente Lula, influenciou na queda do número de homicídios nas cidades brasileiras, segundo pesquisa da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). De acordo com o estudo, o programa pode ter evitado mais de 58 mil assassinatos em 8 anos.  

 

O estudo analisou os dados de 5.057 municípios do país entre 2004 e 2012 e constatou que as taxas de assassinatos e pessoas internadas por atos de violência caíram à medida que os lugares tinham uma maior e mais prolongada cobertura do programa de distribuição renda, segundo reportagem do El País.

 

Ainda de acordo com a pesquisa, nas cidades em que o Bolsa Família chegava a 70% das pessoas elegíveis ou mais, a redução dos homicídios foi, em média, de 17% em 12 meses. Após quatro anos, os assassinatos caíram 24%. A mesma tendência de redução foi observada no número de hospitalizações por agressão nesses municípios: em um ano, o índice caiu, em média, 8% e, após quatros anos, recuou 25%.

 

O estudo também mapeou os diversos fatores que influenciam nos riscos de assassinato, uma vez que o homicídio é multicausal. Entre tais variáveis estão a taxa de policiamento da cidade e a disponibilidade de armas, por exemplo.

Mais Sobre politica