politica

Pesquisa CNT/MDA mostra Haddad como principal oponente de Bolsonaro

Notícia | 17/09/2018 | Da Redação

Embora a oficialização de Fernando Haddad como candidato à presidência da República em substituição a Lula – mantido preso político em Curitiba – tenha ocorrido dia 11 de setembro, a pesquisa CNT/MDA mostra que ele teve uma subida meteórica e já alcança a segunda colocação. Ele está com 17,6% das intenções de votos na pesquisa estimulada, quando os candidatos são apresentados aos entrevistados. Na pesquisa espontânea, quando nenhum nome é apresentado, Haddad também é o segundo mais votado, com 9,1% das intenções de votos.

 

O voto em Fernando Haddad é um dos mais consolidados. Entre aqueles que escolheram o candidato do PT, 75,4% afirmaram que a decisão é definitiva. Na pergunta que mede a intenção de votar em determinado candidato, a preferência por Haddad também se mostra alta: 13,1% do eleitorado diz que é o único em quem votaria e 27,2% diz que é um candidato em quem poderia votar.

Segundo a pesquisa estimulada, o candidato do PSL, Jair Bolsonaro está com 28,2% das intenções de votos, em terceiro lugar vem o candidato do PDT, Ciro Gomes, com 10,8% dos votos e em quatro lugar o candidato do PSDB, Geraldo Alckmin, com 6,1%. Na pesquisa espontânea o candidato do PSL tem 23,7% dos votos, o candidato do PDT aparece com 6,3% dos votos e o candidato do PSDB tem 2,8% dos votos.

 

Realizada entre os dias 12 e 15 de setembro, a pesquisa entrevistou 2002 pessoas, em 137 municípios. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, com 95% de nível de confiança. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número BR-04362/2018.

Mais Sobre politica