Esporte

Copa do Mundo: Peru volta à Copa após 36 anos e se anima com presença de Guerrero

noticia | 10/06/2018 | Da Redação, com Agência do Rádio Mais

Surpresa nas Eliminatórias Sul-Americanas, o Peru está de volta à Copa do Mundo. A seleção do ex-craque Cubillas não disputava a competição há 36 anos e, depois de suar a camisa para carimbar a vaga, retorna com chances de passar da fase de grupos. Essa será a quinta participação dos Rojiblancos em Mundiais.

Anteriormente, os peruanos disputaram as Copas de 1930, 1970, 1978 e, a última delas, em 1982. Depois de ficar fora de oito edições seguidas, a seleção retornou ao Mundial após uma campanha regular nas eliminatórias. Foram sete vitórias, cinco empates e seis derrotas. Com 26 pontos, o Peru teve que disputar a repescagem contra a Nova Zelândia. Um empate sem gols e uma vitória em casa por dois a zero deram ao Peru uma nova oportunidade de disputar o torneio de seleções mais importante do mundo.

Após muita controvérsia a respeito do jogador Paolo Guerrero, a principal esperança peruana e maior goleador da história do time nacional foi suspenso por doping. Ele foi flagrado no exame após a partida contra a Argentina, em outubro do ano passado, em jogo pelas Eliminatórias.

Foi detectado no organismo do atacante do Flamengo uma substância proibida, um metabólito da cocaína. O motivo, segundo a defesa, seria o uso de um chá para gripe com folha de coca, erva tradicional em países andinos como Peru e Bolívia. Em um primeiro momento, a FIFA puniu o jogador com um ano de suspensão, mas o Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) reduziu a pena pela metade. Guerrero sempre alegou inocência, mas, no último dia 14 de maio, a Corte Arbitral do Esporte atendeu a um pedido da Agência Internacional Antidoping (WADA) e aumentou a punição para uma suspensão de 14 meses. Mas, inexplicavelmente Guerrero vai participar da Copa porque a punição dele foi suspensa apenas durante o período do mundial de futebol, que será disputado na Rússia este mês.

A seleção peruana tem chances de se classificar em segundo lugar no grupo C, que conta com a favorita França, Dinamarca e Austrália. O Peru estreia na Copa no dia 16 de junho, contra a Dinamarca. A bola começa a rolar a partir de uma da tarde, horário de Brasília. 

 

Mais Sobre Esporte