politica

Depois da ponte e da pinguela

noticia | 14/11/2017 | Dorgil Silva

Com a reforma ministerial, o presidente tenta arrastar para a “ponte do futuro” os partidos do chamado “centrão”, já que o PSDB e o DEM, aos poucos, vêm roendo as cordas da “pinguela”, nome com o qual o ex-presidente FHC batizou a pretensa “ponte do futuro”. O Congresso é a única trincheira que resta ao governo. Por isso Temer aposta tudo na formação de uma maioria congressual que sustente o golpe impopular. Nesse quadro, as oposições vão lutar de fato por ampla renovação parlamentar em 2018.

Mais Sobre politica