politica

Acovardado, Fachin consulta PGR sobre suspensão da prisão de Lula

noticia | 12/06/2018 | Da Redação

Mais uma vez o ministro do STF (Superior Tribunal Federal) demonstra sua covardia, com medo de críticas da imprensa golpista, e não decide pedido da defesa de Lula para suspender a prisão até que seja julgado o mérito do recurso à terceira instância. Para enrolar mais um pouco, Fachin pediu a opinião da procuradora-geral da República, Raquel Dodge.

“Diante da relevância do tema, faz-se mister que se ouça a Procuradoria-Geral da República previamente. Destarte, abra-se vista à PGR. Publique-se. Intime-se”, determinou Fachin, em decisão assinada na segunda-feira (11/6). Os recursos contra a condenação sem provas, que resultou na prisão política de Lula, ainda precisam ser admitidos pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), que já rejeitou a concessão de efeito suspensivo no caso.

Mais Sobre politica