politica

Empresário midiático que apoiava a ditadura informava também à embaixada dos EUA

artigo | 14/05/2018 | Mario Augusto Jakobskind

Esta informação deve ser do conhecimento de todo povo brasileiro, mas resta saber se será divulgada pela mídia comercial. Documentos secretos do Departamento de Estado norte-americano revelam que o empresário Roberto Marinho, proprietário do jornal e posteriormente da TV Globo, fundada duramente a ditadura militar com a ajuda estrangeira, mais precisamente dos Estados Unidos, teve grande protagonismo junto à cúpula que se apossou do governo brasileiro depois do golpe de estado que derrubou o governo constitucional de João Goulart.

Roberto Marinho, segundo informações do então embaixador dos EUA, Lincoln Gordon, não só tinha livre trânsito com os golpistas, como se reunia com eles e até indicava Ministros, como no caso de Juracy Magalhães, galgado ao Ministério da Justiça no governo de fato do general de plantão Humberto de Alencar Castelo Branco.

Ainda segundo o informe de Gordon para seus superiores hierárquicos, Marinho trabalhava silenciosamente ao lado do general Ernesto Geisel, então chefe da Casa Militar, o chefe do Serviço Nacional de Informação, Golbery do Couto e Silva e ainda Luis Vianna, titular da Casa Civil do general Castelo Branco.

Na ocasião, Roberto Marinho não só tinha livre trânsito nos gabinetes da ditadura, como sua opinião era sempre levada em conta. Prova disso é que ele alertou ao golpista Castelo Branco que se fosse mantida a eleição direta para a Presidência da República, a oposição retornaria ao comando do Palácio do Planalto. Imediatamente o alerta foi levado em conta e o mandato do presidente de fato foi prorrogado e somente após o fim da ditadura, em 1989, o povo voltou a ser convocado para escolher o Presidente. 

Mais Sobre politica
  • politica
    Temer cede às pressões e reduz diesel em R$ 0,46 o litro por 60 dias

    O governo ilegítimo de Michel Temer cedeu à pressão dos caminhoneiros e prometeu congelar por 60 dias a redução do preço do diesel na bomba em R$ 0,46 por litro. A proposta foi anunciada na noite deste d...

    Temer cede às pressões e reduz diesel em R$ 0,46 o litro por 60 dias
    Saiba Mais
  • politica
    Greve dos caminhoneiros

    Os caminhoneiros, corretamente, não querem ser a “variável de ajuste” das decisões erradas tomadas no setor do petróleo. Ou seja, eles não querem ter rendimentos baixos para que os investidores da Petrob...

    Greve dos caminhoneiros
    Saiba Mais
  • politica
    A colônia rodoviária - uma história de corrupções

    A greve dos caminhoneiros, de complexidade política que não enfrentarei nestas reflexões, trouxe, mais uma vez, a baila, a inadequada situação brasileira no que se refere ao transporte de pessoas e de coisas. Tomem...

    A colônia rodoviária - uma história de corrupções
    Saiba Mais
  • politica
    O agente Moro cumpriu sua missão

    Aula de semântica, compreensão e interpretação de texto. A professora escreve no quadro: o agente Moro cumpriu sua missão. Volta-se para turma e pergunta: esta frase está completa?   Murmúrios e ...

    O agente Moro cumpriu sua missão
    Saiba Mais